Erasmus para jovens empreendedores: Está Portugal no mapa?

Portugal é o 10º país mais desejado por entrepreneurs estrangeiros no programa da União Europeia, que já conta com mais de 300 empreendedores lusos participantes.

09-10-2017
erasmus_jovens_empreendedores_PT_427
Portugal é trendy para empreendedores, já se sabe, pelos seus custos de vida aceitáveis, pelo bom clima e, cada vez mais, pelo seu ecossistema efervescente de start-ups, que conseguem operar e contratar mão-de-obra especializada a custos reduzidos quando comparado com outras localizações na Europa.

Programa Erasmus para Jovens Empreendedores da União Europeia junta novos ou aspirantes entrepreneurs (designados por 'NEs') a experientes entrepreneurs (ou 'HEs') num programa transfronteiriço que permite a troca de experiências durante a estadia do NE com o HE, que o acolhe. E a consulta dos seus números indica claramente uma preferência por Portugal em detrimento de outras economias europeias mais prósperas.

Na lista dos países populares mais desejados pelos entrepreneurs, Portugal aparece em 10º lugar num total de 28 países analisados. Registamos 310 entrepreneurs, sendo 205 NEs quase o dobro de 105 HEs. Conseguimos ficar à frente da Dinamarca, Irlanda e Finlândia, mas não de Espanha, que no 2º lugar - com 1.502 empreendedores - fica somente atrás do Reino Unido, que regista 2.304 empreendedores.

Já no ranking de origem dos empreendedores, ocupamos a 11ª posição, com a 'contribuição' para o Programa de 339 entrepreneurs no total, que se dividem entre 172 NEs e 167 HEs, aqui numa 'balança' mais equilibrada na tipologia. Espanha volta aqui a ocupar a 2ª posição, 2.226 empreendedores, desta feita atrás da líder Itália, com 2.421 entrepreneurs dali originários.

Desde o seu arranque em 2009, o Programa Erasmus para Jovens Empreendedores já providenciou a 6.274 NEs europeus a possibilidade de irem para o estrangeiro e colaborarem com HEs. Oito anos volvidos, efetivaram-se cerca de 4.520 permutas envolvendo 9.040 NEs e HEs nos 28 estados-membros da União Europeia e em 9 outros países adicionais participantes. No total, e até janeiro de 2017, registaram-se 15.296 candidatos (NEs e HEs) ao Programa, maioritariamente NEs (9.271 ou 61%) e menos HEs (6.025 ou 39%). Os dados revelam ainda que a maioria dos NEs tem menos de 40 anos de idade (89%), ao passo que os HEs têm na sua maioria menos de 50 anos de idade (74%). Cerca de um terço dos participantes são mulheres e aproximadamente um quarto dos NEs já têm a sua própria empresa (com 1 a 3 anos) quando entraram para o Programa.

Informe-se aqui sobre o programa Erasmus para Jovens Empreendedores ou efetue aqui o download do folheto em Português (em PDF).


Já recebe a e-newsletter Santander Advance Empresas?
Para receber gratuitamente
as notícias que interessam
a quem tem negócios,
introduza um endereço de e-mail:

CONTEÚDO RELACIONADO

EVENTO

Peru abre portas ao investimento multissetorial português

EVENTO

Santander Totta no seminário do Fórum de Administradores de Empresas

Atualidade

Exportações de bens: Espanha mantém primeiro lugar, mas França ultrapassou Alemanha

Atualidade

Fazer Negócio Internacional: Workshop em Lisboa a 26 de outubro

Empresas TV

Alves Ribeiro e Santander Totta, parceiros na internacionalização

Empresas TV

África e Europa, o presente e o futuro