Managers portugueses estão mais envolvidos no sucesso da sua empresa

Os managers portugueses sentem orgulho em fazer parte das suas empresas e 9 em 10 deles recomendaria mesmo a sua empresa a alguém próximo.

07-02-2018
managers_team_427
Portugal é um dos países europeus com uma taxa de absentismo menos elevada entre gestores, com 76% dos managers portugueses a afirmarem ter trabalhado todos os dias em que isso estava previsto, uma percentagem 10% superior à média europeia.

Apenas o Reino Unido - 80% - apresenta uma taxa de assiduidade superior. Em linha com o resto da Europa, os motivos pessoais (saúde pessoal, saúde de familiares, situação familiar e situação financeira) são a maior causa (72%) para o absentismo.

Os números constam do Barómetro do Absentismo e do Compromisso da Ayming (ex-Alma Consulting Group/Lowendalmasaï), que se traduz no primeiro estudo qualitativo europeu com managers do setor privado, sobre o seu compromisso com as empresas e o seu papel no compromisso de funcionários. Foi realizado em 2017 pela Kantar TNS em 8 países europeus junto de 2.843 managers, estando em linha com o estudo qualitativo apresentado em 2016 sobre o compromisso de funcionários do setor privado europeu.

Segundo os resultados do estudo, o perfil do manager português destaca-se ainda pelo empenho no sucesso da sua empresa. Ainda que 81% dos inquiridos portugueses afirmem estarem felizes no seu trabalho, o que está abaixo da média europeia de 86%, 78% dos managers portugueses está mobilizado para o futuro da empresa, ficando a média europeia pelos 71 por cento. Os managers portugueses sentem orgulho em fazer parte das suas empresas e 93% deles (média europeia é de 90%) recomendaria a sua empresa a alguém próximo.

Em Portugal, os managers têm maior confiança na capacidade de inovação da sua empresa (50% contra 35% em média entre os 8 países estudados), independentemente do contexto económico e estrutural em que esta evolui. Nas suas práticas de gestão, o manager português dá mais importância do que os seus congéneres europeus a questões como o diálogo, proximidade, assim como com o envolvimento diário, acompanhamento e desenvolvimento profissional das suas equipas.

O manager português é, portanto, particularmente ágil e envolvido no sucesso da empresa que o emprega. Assume responsabilidade e investe nas suas equipas para atingir os objetivos estabelecidos pela sua administração e é aquele que faz o melhor equilíbrio entre os imperativos de gestão e as expectativas dos colaboradores.


Já recebe a e-newsletter Santander Advance Empresas?
Para receber gratuitamente
as notícias que interessam
a quem tem negócios,
introduza um endereço de e-mail:

CONTEÚDO RELACIONADO

Atualidade

Prémios de desempenho e promoções: Quais as práticas mais comuns em Portugal?

Atualidade

Nos escaparates: Da Marca Pessoal a Como Chegar a Líder

Empresas TV

Liderança, Motivação e Recompensas

Empresas TV

7 estratégias para melhorar a auto-motivação