Santander lança Fundo de Investimento Sustentável

O fundo seleciona empresas que têm de cumprir critérios de sustentabilidade ambiental, de responsabilidade social e de governo corporativo.

27-11-2018
economia-verde_684.jpgO Santander lançou no mercado português o Fundo Santander Sustentável, instrumento com uma lógica de investimento socialmente responsável (ISR), ao selecionar as empresas com melhores práticas nesta área. Para além dos habituais critérios financeiros, estas empresas têm de cumprir critérios de sustentabilidade ambiental, de responsabilidade social e de governo corporativo.

Para gerir a carteira, para além dos habituais critérios financeiros, a Santander Asset Management (SAM) analisa o desempenho de cerca de 900 empresas de 90 países, através de um estudo de 100 indicadores de três Áreas da Sustentabilidade: Ambiental, Social e Governo Corporativo. As empresas são classificadas a nível global e setorial, sendo-lhes atribuído um Rating de Sustentabilidade SAM, que irá determinar a alocação da carteira. A equipa de gestão é composta por especialistas de diversas áreas: sustentabilidade, análise macroeconómica e alocação de ativos, seleção de obrigações e ações.

O lançamento deste produto, o primeiro do Santander em Portugal, enquadra-se numa crescente preocupação do Banco em contribuir para o desenvolvimento da sociedade. E isso passa também pela criação de produtos e serviços inovadores, que tenham uma vertente social e ambiental, como é o caso deste produto.

Inês Oom de Sousa, administradora do Santander em Portugal, refere que 'a Sustentabilidade é uma área cada vez mais relevante no dia a dia do Banco, que procura desempenhar a sua atividade de forma responsável e sustentável'. Sobre este novo produto, salienta que 'tentamos ser cada vez mais criativos na forma como o fazemos, aproveitando todo o know-how que temos na área financeira, para gerar o máximo de valor acrescentado para os nossos clientes e para a Comunidade em geral'.

Desde o ano 2000 que o Santander marca presença no Dow Jones Sustainability Index (DJSI), índice de referência de âmbito internacional que mede o comportamento sustentável das empresas nas dimensões económica, ambiental e social. Este ano, o Santander alcançou mesmo o melhor resultado da sua história, posicionando-se como o terceiro melhor do mundo e o primeiro da Europa.


Já recebe a e-newsletter Santander Advance Empresas?
Para receber gratuitamente
as notícias que interessam
a quem tem negócios,
introduza um endereço de e-mail:

CONTEÚDO RELACIONADO

Atualidade

Braga: Novas tendências Responsabilidade Social Empresarial na Box