Santander Totta apoia o têxtil nacional

A Guimarães Home Fashion Week, que contou com o apoio do Santander Totta, permitiu a 32 empresas nacionais produtoras de têxtil-lar expor os seus produtos a mais de 100 compradores estrangeiros de todo o mundo.

14-07-2017
BSTGuimaraesHomeFashionWeekA Guimarães Home Fashion Week realizada entre 27 a 29 de junho, na Pousada de Santa Marinha da Costa, em Guimarães, permitiu a 32 empresas nacionais produtoras de têxtil-lar expor os seus produtos a mais de 100 compradores estrangeiros, provenientes um pouco de todo o mundo.

Download da Brochura
de Expositores

O evento foi organizado pela Associação Home from Portugal, com o apoio da Aicep, a colaboração da Câmara Municipal de Guimarães e do Banco Santander Totta.

De acordo com a análise do CENIT - Centro de Inteligência Têxtil aos números do INE - Instituto Nacional de Estatística, as exportações abrangidas pela categoria de produtos NC63 (outros artigos têxteis confecionados, onde estão englobados grande parte dos produtos de têxteis-lar) registaram uma subida de 1,3%, para 633,75 milhões de euros em 2016, e o setor representou mais de 10% das exportações portuguesas de matérias têxteis e suas obras.

O evento para o próximo ano tem já datas conhecidas - 26 e 27 de junho de 2018 – e as empresas compradoras e/ou expositoras podem desde já inscrever-se ou obter mais informações pelo e-mail internationaldesk@santander.pt.

Para Pedro Correia, diretor de Negócio Internacional do Santander Totta, «o setor têxtil-lar português tem feito uma evolução notável» e «acredito que os ritmos de crescimento das exportações, acima dos 5% anuais, vão continuar a acontecer nos próximos anos». Após uma reestruturação muito forte durante os anos 2000-2010, «neste momento o setor tem um posicionamento internacional reconhecido nos mercados mais exigentes», acrescentou.

Esta situação implicou uma reorganização das empresas do setor, visando uma oferta de grande qualidade e um alargamento dos clientes em mercados mais sofisticados. Assim, «aumentar a nossa parceria com estas empresas fortemente exportadoras faz parte da nossa estratégia de apoio à economia portuguesa», sendo que para tal «o banco tem o conhecimento e os instrumentos financeiros adequados à montagem rápida e segura das operações de comércio externo». Para Pedro Correia «esta é uma enorme vantagem para as empresas: existir um parceiro que entende bem o seu negócio».

O Santander Totta coloca à disposição das empresas, incluindo as do setor têxtil-lar, um conjunto de ferramentas que podem alargar o conhecimento de novos mercados e de potenciais clientes internacionais, seja através do portal Santander Trade, seja pelo Internacional Desk.


Já recebe a e-newsletter Santander Advance Empresas?
Para receber gratuitamente
as notícias que interessam
a quem tem negócios,
introduza um endereço de e-mail:

CONTEÚDO RELACIONADO

EVENTO

Feira Auto Industry Summit México

EVENTO

Chile recetivo a Investimento Direto Estrangeiro de empresas portuguesas

Atualidade

Fazer Negócio Internacional: Workshop em Guimarães a 23 de novembro

Atualidade

Negócio Internacional: Assista à sessão gratuita na Box

Empresas TV

Couro Azul: como polir a arte milenar dos curtumes

Empresas TV

Tradição e Inovação no Vale do Ave