Inovação em Portugal: indústrias, propriedade intelectual e emprego

Quanto valem no PIB português e europeu e qual o seu contributo para o emprego e comércio externo do Velho Continente?

A Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) e o Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) promoveram, em setembro de 2014, o debate a 'Inovação em Portugal' para a apresentação e discussão do livro de Manuel Mira Godinho com o mesmo tema. O debate contou com a presença de António Campinos, Gonçalo Quadros, Jaime Andrez e do autor, com moderação a cargo de Carlos Fiolhais.

Neste excerto do evento, António Campinos, presidente da Organização Europeia das Marcas e Desenhos Comunitários (OHIM / IHMI), referindo-se a um estudo publicado pelo Observatório do Instituto de Harmonização do Mercado Interno (IHMI), na União Europeia (UE), as indústrias consideradas intensivas em utilização de direitos de propriedade intelectual - como sejam os de marcas, patentes, design, direitos de autor ou indicações geográficas - contribuem direta ou indiretamente para 35% do total do emprego gerado na UE, ou seja, para 76 milhões de empregos e constribuem ainda para 39% do Produto Interno Bruto (PIB) da UE. Estas indústrias contribuem ainda para 90% do comércio externo de toda a UE.  

Em Portugal, tanto no que se refere ao emprego, como ao PIB, os valores encontram-se abaixo da UE. Em concreto, as indústrias consideradas intensivas em utilização de direitos de propriedade intelectual geram 34% do PIB, ou seja, cerca de 4% a 5% abaixo da média da UE, e geram 24% do emprego direto, quando comparado com os 26% da UE.

Surpreendente e encorajadores são, contudo, os resultados das empresas que, em Portugal, utilizam o design de maneira intensiva: estas situam-se 2,2% acima da média da UE, tanto em termos de criação de emprego, como em termos de geração de riqueza. Existe, pois, um claro potencial neste setor, que deveria ser incentivado em termos de políticas públicas, segundo o responsável.







António Campinos
Presidente da OHIM / IHMI

Já recebe a e-newsletter Santander Advance Empresas?
Para receber gratuitamente
as notícias que interessam
a quem tem negócios,
introduza um endereço de e-mail:

CONTEÚDO RELACIONADO

Atualidade

Abertas as candidaturas a 50 estágios em Startups portuguesas

Atualidade

Start-ups em Portugal têm 50 bolsas de estágios à sua disposição

Empresas TV

Inovação em Portugal: transformar conhecimento em bens transacionáveis